segunda-feira, 8 de agosto de 2022

Vítor Pereira diz que Guedes e Yuri Alberto não podem jogar juntos no Corinthians

Thiago Couto será titular pela terceira partida consecutiva do Tricolor na temporada

Publicado em
porLeonardo

A derrota do Corinthians para o Atlético-GO nesta quarta-feira, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, esclareceu uma ideia na cabeça de Vítor Pereira. Segundo o treinador, Róger Guedes e Yuri Alberto não podem jogar juntos.

E a conclusão do português não é por questões ofensivas. Para ele, o problema é atrás: não dá para ter segurança defensiva pelas pontas com esses jogadores, concluiu Vítor Pereira. A opção por jogar com Róger e Yuri foi minha, só eu tenho que assumir a responsabilidade, mas não me parece que a gente consiga defender os corredores dessa forma. Para mim, claramente, não dá, não dá. Dessa forma, não dá. Eles (Atlético-GO) criaram situações de dois conta um nas laterais porque defendemos mal – disse o treinador.

Contra o Coritiba, na vitória por 3 a 1, o Corinthians venceu e convenceu, recebendo elogios pelo “ataque móvel”. Contra o Atlético-GO, porém, em um jogo fora de casa, a dupla não não foi bem ofensivamente e se mostrou decisiva para a facilidade na criação adversária.

No segundo lance de perigo do Atlético-GO, o problema já ficou claro. Jorginho recebeu na intermediária do ataque e abriu na direita. Wellington Rato dominou de frente para Lucas Piton, que viu o atacante se aproximando, Dudu se lançando na lateral e Willian Farias chegando pelo meio. O primeiro gol do Atlético-GO também explica bem a situação. Róger Guedes, já posicionado no campo de defesa, não conseguiu interceptar o cruzamento saído da direita. E Cantillo não acompanhou Jorginho se infiltrando para finalizar na área.

Fonte: GE